EM DIA:

BEM VINDA(O) E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ROLA COM A CULTURA , ARTE E O ARTISTA NEGRO AQUI NESSE BLOG"

domingo, 27 de novembro de 2011

LANÇAMENTO ANTOLOGIA AFRO EM SÃO PAULO

Fonte: Abílio Ferreira


HOMENAGENS:Carlos de Assumpção,Eduardo de Oliveira

CONVIDADOS ESPECIAIS

Abelardo Rodrigues, Abílio Ferreira, Ademiro Alves (Sacolinha), Allan da Rosa, Alzira Rufino, Carlosde Assumpção, Cidinha da Silva, Cuti, Eduardo de Oliveira,Estevão Maya-Maya,Esmeralda Ribeiro,Fausto Antônio, Geni Guimarães, Heloisa Pires Lima, Henrique Cunha Jr.,Jamu Minka, Luís Carlos deSantana, Miriam Alves, MárcioBarbosa, Oswaldo de Camargo, Paulo Lins, Ramatis Jacino, Ruth Guimarães, SôniaFátima da Conceição.

sábado, 26 de novembro de 2011

O bonitão e talentoso Thiago Oliveira visita a Faculdade Zumbi dos Palmares







Fonte: Carlos Romero
Assessor de Imprensa Zumbi dos Palmares

O jornalista e apresentador do programa Super Esporte, Thiago Oliveira, ganhador do Troféu Raça Negra 2011 na categoria “jornalismo Masculino”, através do voto popular no site do Troféu Raça Negra (www.trofeuracanegra.com.br), esteve na manhã desta sexta-feira, dia 25 de novembro, visitando as dependências da Faculdade Zumbi dos Palmares.

Por estar fora de São Paulo, a trabalho, no dia da entrega do Troféu, Thiago recebeu seu esperado Troféu das mãos de Ruth Lopes, Diretora Geral do Troféu Raça Negra.


Thiago Oliveira e Ruth Lopes


Por estar fora de São Paulo, a trabalho, no dia da entrega do Troféu, Thiago recebeu seu esperado Troféu das mãos de Ruth Lopes, Diretora Geral do Troféu Raça Negra.

Thiago confessou que ficou super emocionado ao saber que havia vencido. “Até chorei na redação quando uma amiga de trabalho me avisou”. O jornalista ainda ressalta que ficou mais contente por ter sido escolhido pelo voto dos internautas.

Thiago Oliveira e Carlos Romero

Thiago confessou que ficou super emocionado ao saber que havia vencido. “Até chorei na redação quando uma amiga de trabalho me avisou”. O jornalista ainda ressalta que ficou mais contente por ter sido escolhido pelo voto dos internautas.


Na categoria jornalismo Masculino Thiago Oliveira concorreu com os jornalistas Abel Neto (Globo), Heraldo Pereira (Globo), Herivelto Oliveira (RPC), João Santos (Record), Manoel Soares (RBS), Ed Soul (RBS), Carlos Oliveira (Band News) e Fred Ferreira (Globo).

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

SEMPRE " ORIGINAIS DO SAMBA" EM SÃO CAETANO

Formado em 1960, o grupo que já teve várias formações e participou de gravações junto a vários e importantes artistas nacionais como Chico Buarque, Jair Rodrigues, Toquinho e Vinícius conta, atualmente, com Bigode (pandeiro), Júnio (reco reco), Lujan (Tan-tan), Marcos Scooby (Cavaco) e Rogério Santos (violão).







Dia 24 de novembro, quinta, às 20h
Valores:
R$ 12,00 - inteira
R$ 6,00 - usuário matriculado no SESC e dependentes, + 60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino
R$ 3,00 - comerciário matriculado no SESC e dependentes
Ingressos com antecedência pela rede IngressoSESC

Local: Teatro Santos Dumont
Av. Goiás, 1111 - Santa Paula
Informações: 4223-8800

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

FACULDADE ZUMBI TAMBÉM CELEBRA ZUMBI DOS PALMARES


Fonte: Rejane Romano - Depto. Comunicação Zumbi dos Palmares
Foto Ilustrativa: Capoeira Social Clube



Dia repleto de atividades em comemoração a Zumbi!

Traga seus familiares e amigos parao dia 20 de novembro



Programe-se para passar o dia 20 denovembro, Dia da Consciência Negra, na Zumbi. Haverá atividades a partir das10h. Tragasua família e amigos para comemorar e refletir.



Confira a programação:


Hall azul


10:00 – 12:00


Batismo de capoeira



Sala do Núcleo de Práticas Jurídicas


10:00 – 17:00


Orientação Jurídica Gratuita




Sala 06


11:15 – 12:00


Palestra: crimes de racismo: a fase do inquérito policial


Palestrante: Prof. Dr. Hédio Silva




1º andar entre as escadas


11:00 – 15:00


Ação Social com alunos de Enfermagem do HCor / Zumbi




Sala 14


11:15 – 12:00


Roda de conversa: Antropologia, Raça e Cultura


Palestrantes: Professores Vera Cristina, Ulisses Mormile e Lourenço Cardoso




Sala 05


11:00 – 12:00


Oficina de Dança Afro - infantil







Sala 17


11:30 – 12:00


Palestra de Marketing


Palestrante: Marcos Moreira




Espaço Cultural


11:00


Inauguração de exposição de Arte







Sala 18


12:00


Palestra sobre trânsito


Com Wagner Chagas




Hall azul


12:00 – 13:00


Grupo de Samba







Sala 17


14:30 – 16:00


Leitura critica da música – Saudosa Maloca


Integrantes do Coral da Zumbi




Hall azul


13:20 – 13:40


Dança do Ventre







Sala 06


13:30 – 14:30


Roda de conversa: Condenações de negros a pena de morte nos EUA


Palestrante: Profº Frederico Assis




Sala 18


13:30 – 14:30


Contação de Historia – Contos e Mitos Africanos


Palestrantes:Alunas de Pedagogia












Sala 14








13:30 – 15:00










Roda de conversa- Empreendedorismo e Sustentabilidade








Rep. Apex Brasil – Prof. Arnaldo Batista




Hall azul


13:50 – 14:40


Apresentação Coral da Zumbi







Sala 01


14:00 – 15:30


Energia Consciente: o segredo do crescimento interior à concretização dos objetivos pessoais


Palestrantes: Professores Ieda Neres e Geraldo Silva




Sala 17


14:30 – 16:00


A importância do xadrez para o Universitário + Oficina de Xadrez


Palestrante: Prof. Claudinei Lombe




Hall Azul


14:50 – 15:50


Apresentação Teatral – História da cultura do negro no Brasil


Palestrantes: Alunos de Adm.




Sala 02


15:00 – 16:00


Palestra de empreendedorismo e exposição de produtos


Palestrante: Rep. da empresa Amway




Sala 06


15:00 – 16:00


Roda de conversa: economia criativa e empreendedorismo étnico: novos modelos de negócios


Ariston Batista - aluno de Adm.




Sala 14


15:15 – 16:30


Palestra de Ética


Palestrante: Luiz Eduardo Nocciolli




Sala 18


15:30 – 16:30


Roda de conversa- Literatura Africana


Palestrante: Rep. do Quilombhoje – Sérgio Ballouk




Sala 03


15:30 – 16:30


Contação de historia – contos e mitos africanos


Palestrante: Alunas de pedagogia




Hall Azul


16:30 – 16:40


Desfile







Hall Azul


16:40 – 17:30


Apresentação de samba rock + negros dançar











Hall azul


17:40


Apresentação escola de samba


X-9 + Folha Verde

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

CONSCIÊNCIA NEGRA: GRANDES ATRAÇÕES NO DOMINGO





Fonte: Secretaria da Cultura



Praça da Luz recebe 5ª edição do Show da Consciência Negra

Secretaria da Cultura traz diversas atrações, como Margareth Menezes, Virgínia Rosa, Leandro Lehart e Sandália de Prata

O tradicional Show da Consciência Negra, promovido pela Secretaria de Estado da Cultura desde 2007, para comemorar o dia 20 de novembro, será realizado este ano na Praça da Luz (ao lado da Estação da Luz). Entre as diversas atrações programadas, está o encontro entre as cantoras Margareth Menezes e Virgínia Rosa, no encerramento do evento. Vanessa Jackson, Leandro Lehart e o grupo Sandália de Prata também participam da programação.


A programação, das 9h às 22h, trará também artistas e grupos paulistas como Rappin´Hood, Soul Conection, Barbatuques e Originais do Samba. O evento conta ainda com atividades ligadas à cidadania e a reflexão social, como pinturas de rosto para crianças, esculturas com bexiga, oficina de contação de histórias, apresentação de capoeira e maculelê.

O evento homenageia também o escultor, ator, poeta e ativista social falecido este ano, Abdias do Nascimento, que participou da Frente Negra Brasileira, primeiro movimento político organizado que se voltou às demandas da população negra no País. Em 2011, comemoram-se os 80 anos de sua fundação.

O Show da Consciência terá início às 9h, com a apresentação do grupo feminino de percussão Ilú Obá Demin e, dentre os destaques, estão os shows de Vanessa Jackson, às 10h55; Leandro Lehart, às 14h55; Sandália de Prata com participação de Rappin'Hood, às 16h10; e Margareth Menezes, às 10h10. Às 22h20 acontece o encerramento com uma queima de fogos.




Confira abaixo, a programação completa.

V Encontro Paulista de Hip Hop

Consagrado no calendário cultural do Estado de São Paulo, o Encontro Paulista de Hip Hop chega a sua quinta edição buscando resgatar as características da cultura Hip Hop, no que tange ao discurso e à atuação política, num diálogo direto com a juventude. O evento, que integra a programação da Secretaria em torno do Ano Internacional para Afrodescendentes, acontecerá das 11h às 22h do dia 19 de novembro, no Memorial da América Latina.

Programação completa do Show da Consciência Negra

9h - Grupo de percussão feminino Ilú Oba Demin
9h40 - Orquestra Filarmônica Afro - Filafro
10h25 - Apresentações de capoeira e maculelê






10h55 - Vanessa Jackson (show)
11h55 - Grupo Cupuaçu (show)
12h40 - DJ
13h05 - Show Rose Calixto- tributo a Clara Nunes
13h55- DJ
14h15 - Apresentação: Cultura Viva - Dança Afro
14h55 - Leandro Lehart (show)
15h40 - Teatro do Lixo (peça)





Rappin Hood faz participação especial


16h10 - Sandália de Prata com Part. Rappin Hood (show)
18h - Banda Soul Conneciton
19h20 - Virginia Rosa
20h20 - Margareth Menezes


Show da Consciência Negra
Dia 20/11, das 9h às 22h.
Praça da Luz

domingo, 13 de novembro de 2011

ACONTECEU A 9ª. EDIÇÃO DO TROFÉU RAÇA NEGRA









Texto e fotos: Preta Jóia


Neste domingo, 13 de novembro, na suntuosa Sala São Paulo, no bairro da Luz, aconteceu a cerimônia de entrega do Troféu Raça Negra, o “Oscar Brasileiro” criado pela Afrobrás, conhecido internacionalmente e que já faz parte do calendário da cidade de São Paulo.




A abertura foi com o hino nacional, interpretado por Simoninha e o coral da Faculdade
Zumbi dos Palmares, seguido do discurso do Presidente da Afrobrás e Reitor
da Faculdade Zumbi dos Palmares, Dr. José Vicente, advogado e sociólogo.
Um desfile de estrelas negras, personalidades da política, televisão , cinema e música.







A escolha para essa premiação é feita através de voto público via internet, e os mais votados
foram analisados e eleitos por uma comissão julgadora.

Jornalismo Feminino – Dulcinéia Novaes – Rede Globo
Jornalismo Masculino – Thiago Oliveira – TV Gazeta
Destaque no Jornalismo – Heraldo Pereira – Rede Globo
Melhor atriz - Lucy Ramos – Rede Globo
Melhor ator – Micael Borges – TV Record
Troféu Homenagem – Ruth de Souza – atriz
Ator Destaque - Érico Brás – Rede Globo
Conjunto da Obra - Nil Marcondes – TV Record
Beleza Negra – Silvia Novaes - Miss Itália Nel Mondo
Humorista – Charles Henrique – Rede TV



Também são agraciados com a estatuetas , personagens políticas que com ações afirmativas
contribuem para inserção do negro brasileiro, os quais foram:
O vice-presidente Michel Temer, o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, Benedicto Fonseca Filho, o primeiro embaixador negro; a Ministra da Cultura Ana de Hollanda; Ministro da Saúde , Alexandre Padilha; o presidente do Sport Club Corinthians Paulista, Andres Sanches; Nelson Prudêncio, ex-atleta; Abdias do Nascimento, político e ativista social brasileiro, Kabengele Munanga, professor da USP, estudioso do racismo e imigrante africano; Marcelo Cândido, prefeito do município de Suzano-SP, Frei David , presidente da Educafro; o almirante Eduardo Monteiro; o ministro do Supremo Tribunal Federal Ayres Britto; o vereador João Manoel dos Santos, presidente da Câmara de Piracicaba-SP, Rilza Valentim, prefeita da cidade de São Francisco do Conde-BA.




Os mestres de cerimônia foram o humorista Hélio de La Penna e a atriz Tânia Khalil.




Na foto: Carlos Romero - Assessor de Imprensa
O grande homenageado da noite foi o cantor Jair Rodrigues , pelo talento, alegria e
Irreverência, que fez dele , um ícone da música popular brasileira.
A parte musical ficou por conta dos cantores: Sandra de Sá, Toni Garrido, Thalma de Freitas, Negra Lee, Vanessa Jackson, Thulla, RappinHood, Quinteto em Branco e Preto, Jorge Aragão, Jairzinho, Pedro Mariano, Luciana Mello e Pedro Mariano que interpretaram as canções gravadas por Jair Rodrigues em sua carreira com mais de 40 álbuns.
O grande final foi a subida ao palco de Jair Rodrigues para receber o troféu e a merecida homenagem e cantar acompanhado de seus filhos Jairzinho e Luciana Mello.


quarta-feira, 9 de novembro de 2011

SOUL ÁFRICA - MÚSICA NEGRA DE QUALIDADE


Esta próxima edição da “SoulÁfrica a festa” terá um grande peso histórico, cultural e deresistência, além da referencia racial levada através da musica que se espalhapelo mundo, para simbolizar este dia 19 de novembro vamos contar com um grandesímbolo histórico da Musica Negra. Abrindo passagem para Fela Anikulapo Ransome Kutimais conhecido como FelaKuti multi instrumentista e criador do ritmo afro beat na Nigéria.



Sabendo que o Hip Hop e aBlack Music deve muito a esta riqueza que Fela nos deixou, nada mais justo doque termos em um único espaço gerações que representem estes grooves e riquezasmusicais e que os mantém vivas em seu dia-a-dia.



Junte se a nós nesta noiteporque para engrossar este caldo a Soul África convida grandes nomes que irátorna esta festa inesquecível, confira a programação;



Show

- BOOKA BUKASSA MUTOTO -http://bookamutoto.blogspot.com/



Dj’s

- MZK - www.urru.com.br

- NINO (RJ)

- ERRY-G - www.myspace.com/djerryg

- BOBY,



Apresentação e Versos

- AKINS KINTE



E maisconvidados especiais.



Além de Exibição de Vídeos /Documentários e Exposição,




Parceiros;

Feira Preta, Promo OnlyDj’s, Balanço Rap 105 FM, Pegada Preta,

Rádio Tambor, O Menelick 2ºAto, Black TV, Quilombaque.



Realização:

Guerreiros Produções




Para maisinformações acesse o blog: www.guerreirosproducoes.blogspot.com



Serviço

Data: 19 de Novembrode 2011

Dia:Sábado

Horário:Das 22:00h às 4:30h

Entrada:Mulher (VIP até as 1:00hr. – R$ 5,00 na porta)

Homem (R$ 10,00 c/ nome nalista – 15,00 na porta)

E-mail para nome na Lista:guerreiros13@gmail.com

Local:Urban Lounge

End.:Rua Carlos Vicari, 263 – Lapa - SP

(Próx. ao SESC Pompéia e ao Superm.Sonda)

Informações:55 11 2339-0595 / 7763-4762 - ID 126*12985
guerreiros13@gmail.com /contato@urbanlounge.com.br

www.guerreirosproducoes.blogspot.com/ www.urbanlounge.com.br

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Snoop Dogg pede rosquinhas e bolo para cozinheira do Vidigal



Fonte: Ego
Foto:Thyago Andrade / Photo Rio News


Em sua passagem pelo Rio de Janeiro, Snoop Dogg teve a oportunidade de conhecer a cozinheira Léa Silva, do Vidigal. Os dois se encontraram na tarde de segunda-feira, 7, em um hotel em Santa Teresa, onde o cantor está hospedado.

Durante o encontro, Snoop chamou Léa de 'mama' e pediu que ela fizesse rosquinhas e um bolo para ele experimentar. Léa vai tentar entregar o pedido do cantor no show dele, que acontece nesta quarta-feira, 9, no Rio.

A cozinheira ficou conhecida após convidar o presidente Obama para um almoço em sua laje.

Abertas inscrições para o Vestibular 2012 da Zumbi


Provas Agendadas visam gerar praticidade ao aluno

Estão abertas as inscrições para o Vestibular 2012 da Zumbi. São oferecidas vagas para os cursos de Administração, Comunicação Social (com habilitação em Publicidade e Propaganda), Direito, Pedagogia e Tecnologia de Transporte Terrestre.

O processo seletivo de provas agendadas consiste na realização de uma redação dissertativa valendo 60 pontos e 40 questões objetivas, em testes de múltipla escolha sobre Atualidades, Língua Portuguesa, Literatura e Matemática.

As provas podem ser realizadas as quartas, das 19 às 21 horas, e aos sábados, das 10 às 12 horas. O candidato poderá utilizar o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) dos anos de 2009, 2010 e 2011, desde que tenha alcançado pelos menos 20% da pontuação geral das disciplinas.
As inscrições podem ser feitas on line no site WWW.zumbidospalmares.edu.br ou pessoalmente na Secretaria da Faculdade Zumbi dos Palmares, localizada na Av.: Santos Dumont, 843, Ponte Pequena, São Paulo. O horário de atendimento da Secretaria da Zumbi é das 9h00 às 20h30, de segunda a sexta-feira. A taxa de inscrição permanece a mesma, apenas R$20.

No Ano Internacional dos Afrodescentendes, decretado pela ONU, 50% das vagas da Zumbi são para aos candidatos de raça negra, auto-declarados na ficha de inscrição, aprovados no processo seletivo que apresentem as condições necessárias à matrícula.

Sobre a Zumbi

Com apenas 7 anos de existência a faculdade já conquistou o mercado, sendo que dos mais de 1000 alunos formados, 80% saíram da Zumbi inseridos no mercado de trabalho através de estágios principalmente em grandes empresas e com as principais instituições financeiras como os bancos Bradesco, Citibank, Itaú e Grupo Santander Brasil, e empresas como a Mercedes Benz, a Ford e a Nestlé, entre outras.
Recentemente pode-se destacar que conquistas significativas da Zumbi foram receber reconhecimento do curso de Direito pelo MEC, sendo a primeira vez que uma faculdade obteve tal feito antes mesmo de formar a primeira turma e manter o conceito “3 Estrelas”, para o curso de Administração, no Guia do Estudante, da Editora Abril.

Além disso, a Zumbi é pólo de atividades extra curriculares e eventos como: participações no Projeto Rondon, Feira do Empreendedorimo, Prática Jurídica, Empresa Jr., Torneio Gerencial, visitas a Quilombos, trabalho em formato de Agência Publicitária e muito mais!

Serviço:

Inscrições: Internet – www.zumbidospalmares.edu.br

Pessoalmente - Secretaria da Faculdade Zumbi dos Palmares:
Rua Santos Dumont, 843, Ponte Pequena, São Paulo.
Horário de Atendimento da Secretaria: Das 9h00 às 20h30, de Segunda a Sexta-Feira
Provas Agendadas –Todos os sábados das 10 às 12 horas e a partir de novembro também às quartas-feiras, das 19 às 21 horas.
Taxa: R$ 20,00 (Vinte Reais)
Telefones: (11) 3325-1000 ou Celulares: (11) 9524-1131 (VIVO) / 7695-6889 (CLARO) ou 6271-8499 (OI).

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

MESTRES DE CERIMÔNIA DO TROFÉU RAÇA NEGRA



Fonte: Carlos Romero


Tânia Khalill e Hélio de La Peña vão ciceronear a nona edição do Troféu Raça Negra. A atriz que tem se destacado na telenovela “Fina Estampa”, como a professora universitária Letícia, estará acompanhada do comediante e escritor, que se destacou no programa Casseta & Planeta.

Pelos mestres de cerimônia escolhidos é possível antecipar que haverá muita descontração e beleza no palco da Sala São Paulo, no dia 13 de novembro, a partir das 20h.


quinta-feira, 3 de novembro de 2011

JARDIM DAS FOLHAS SAGRADAS - O FILME

ASSISTA TRAILER ABAIXO


Fonte: Assessoria de Imprensa do Filme

Estreia nesta sexta-feira, 04, em Salvador, e em mais sete cidades brasileiras, o filme “Jardim das Folhas Sagradas”, primeiro longa-metragem da carreira do baiano Pola Ribeiro. A produção conta a história do bancário Bonfim (Antônio Godi), um homem negro, bem-sucedido e casado com uma mulher branca e evangélica, mas que mantém uma relação homossexual.

Um acontecimento trágico provoca transformações no protagonista e, então, ele decide cumprir uma missão que lhe foi dada e funda o terreiro de Ilê Axé Opô Ewê (Casa das Folhas Sagradas).

O filme aborda questões como meio ambiente, preconceito racial, ecologia, conflitos do cotidiano nas cidades e a especulação imobiliária, além de tratar de temas como bissexualidade, intolerância religiosa e preconceitos étnicos.

O candomblé ganha destaque especial. Em “Jardim das Folhas Sagradas”, filme para o qual foi realizado um extenso trabalho de pesquisa sobre a religião afro-brasileira, são mostrados detalhes da crença e a espiritualidade dos personagens em suas rotinas.




De acordo com o diretor, a proposta do longa-metragem é abordar o mistério que envolve a cidade de Salvador e o Recôncavo baiano, mostrando os costumes de sua população negra, que, acaba, comumente, sendo retratada de forma rasa.

“Cada gesto, cada som, cada traje, comida, conceito e religião. A convivência com um mundo que se protegia nos seus fundamentos e que era ao mesmo tempo tratado como invisível pela mídia e pela sociedade, aguçava os meus sentidos”, afirma Pola Ribeiro.

O elenco conta com, além de Antônio Godi, João Miguel (Estômago (2007) e Melhor Ator no Festival do Rio 2005 por Cinema, Aspirinas e Urubus (2005)), Érico Brás (atualmente no quadro fixo do programa Tapas&Beijos, da TV Globo), Harildo Deda, Evelin Buccheger, Sérgio Guedes e atores do Bando de Teatro Olodum. As cantoras Mariene de Castro e Virgínia Rodrigues fazem participações especiais.


video

V SEMANA CULTURAL NO ITAIM PAULISTA


Palavras de Pollyana Almië

"O evento é muito importante para nós do Itaim Paulista, para a população negra do bairro e para todos os negros do Brasil.
A cultura e a arte negra tem que estar não só no centro da cidade, ela tem que estar principalmente, primordialmente nas comunidades/ periferias das cidades.

Vamos enegrecer o Itaim Paulista com muita dança, muito canto, muita beleza negra.

Mais informações:
pollyanaalmie@gmail.com
Cel:92630309

terça-feira, 1 de novembro de 2011

CAMPANHA :SACI PARA O MASCOTE DA COPA DE 2014


Com o lançamento do livro "Saci , eu vi sim ", no próximo sábado (vide post anterior) os autores do livro, aproveitam a ocasião para retomar a Campanha :que indica o Saci como mascote da Copa do Mundo no Brasil em 2014 (Veja ao final deste release sete motivos porque o Saci). A proposta é encaminhar mensagens de apoio diretamente à CBF www.cbf.com.br, o endereço da Assessoria de Imprensa (Fale conosco) é comunicacao@cbffutebol.com.br, Sr. Rodrigo Paiva. No final do evento, às 19h, no Espaço Plínio Marcos, haverá a exibição do documentário “Somos todos Sacys”, dirigido por Rudá K. Andrade e Sylvio do Amaral Rocha. Contaremos com a participação de integrantes da SOSACI. Informações sobre o livro e imagem da capa abaixo. Saiba mais sobre o Dia do Saci e seus amigos: www.sosaci.org/Saci_leis.htm.
Por que o SACI mascote da Copa no Brasil em 2014? Segundo o saciólogo, jornalista e escritor Mouzar Benedito: “Ele é a síntese da formação do povo brasileiro: É o mito brasileiro mais popular, o único conhecido no Brasil inteiro (Boitatá, Curupira e mesmo a Iara requerem explicações quando a gente fala deles, em alguns lugares. O Saci não). É o típico brasileiro: mesmo pelado e deficiente físico, é brincalhão e gozador. O Saci surgiu como mito Guarani. Era um curumim protetor da floresta. Só com a chegada do europeu é que ele passou a ser demonizado, para facilitar a implantação do cristianismo. Apresentamos sete motivos por que achamos que ele merece ser mascote:


- “Adotado” pelas negras, especialmente cozinheiras, grandes contadoras de causos, ele virou negro e perdeu uma perna – uma das explicações para isso é que ele foi escravizado e mantido preso na senzala por grilhões, por uma perna. Uma noite ele resolveu fugir: cortou a perna presa por grilhões e se mandou. Preferiu ser livre com uma perna só do que escravo com duas. Então tem esse lado libertário.


- Dos brancos, ganhou o gorrinho mágico, vermelho, presente em vários mitos europeus. O gorrinho era usado também pelos republicanos, durante a Revolução Francesa.


- Então, o Saci reúne num só personagem os três grandes povos formadores do brasileiro: indígena, africano e europeu. Só não tem o asiático, que chegou aqui no início do século XX, quando a figura do Saci já estava “pronta”. Mesmo assim, há quem diga que já viu Saci com olhos puxadinhos em áreas povoadas por japoneses...


- O Saci tem a cor de uma grande parcela da população brasileira (inclusive da maioria dos jogadores de futebol) que é vítima de preconceito, é perneta, não tem roupa e mesmo assim é um gozador, brincalhão – quer mais brasileiro do que isso?


- Nesses tempos em que se fala tanto em ecologia, é bom lembrar que o Saci é um defensor do meio ambiente, como todos os mitos de origem indígena (o Curupira também defende a floresta, o Boitatá defende os campos, a Iara defende a água e os animais das águas, e o Caipora defende os animais da floresta).


- Fala-se também em acabar os preconceitos raciais e os contra os deficientes físicos – tá aí o Saci mais uma vez.


Já pensou a imagem do Saci em camisetas e outros materiais no mundo inteiro? Ele provocaria muito interesse dos outros povos para a cultura popular brasileira.

O DIA DO SACI É FESTEJADO COM LANÇAMENTO DE LIVRO


O AUTOR NA PRAÇA & SOSACI – Sociedade dos observadores de Saci



Comemoram o Dia do Saci com tarde de autógrafos do livro “Saci, eu vi, sim”





O Dia do Saci e seus amigos é 31 de outubro, já instituído na cidade e no estado de São Paulo. Para continuar as comemorações que começaram no sábado passado, vamos realizar uma tarde de autógrafos e leituras. Nossos convidados são o jornalista e escritor Mouzar Benedito e o presidente da SOSACI Robson Moreira, autografando “Saci, eu vi, sim”. Organizado por Mouzar, o livro traz sete contos sobre este mito brasileiro, escritos por sete autores diferentes, entre eles, Robson Moreira.

Autor na Praça & SOSACI comemoram o Dia do Saci e seus amigos.

Espaço Plínio Marcos – Tenda na Feira de Artes da Praça Benedito Calixto – Pinheiros

Dia 05 de novembro, sábado, a partir das 14h. (evento em espaço aberto ao público).

Informações: Edson Lima – 3739 0208 / 9586 5577.

Realização: Edson Lima, SOSACI e AAPBC.

Apoio: AEUSP, Bib. Municipal Alceu Amoroso Lima, Restaurante Consulado Mineiro e O Cantinho Português.



Sobre o livro “Saci, eu vi, sim” (Editora Mundo Mirim, R$ 29,90) - Reúne sete histórias, cada uma de um saciólogo. E sete ilustradores diferentes, que fizeram um belíssimo livro. Na vida do Saci, o número sete aparece sempre, em quase tudo. Os sacis nascem em grupos de sete, saindo de um taquaruçu (um bambu de gomos grandões) em noites de tempestade. Sete em cada taquaruçu, mas às vezes vários bambus desses se abrem de uma vez, e em cada um deles há sete sacizinhos dentro, como você pode ver na história Saci na fazenda, contada por Márcia Camargos. Ele se adapta facilmente a muitas situações, e assumem certas formas muito estranhas, como conta Robson Moreira com seu Saci miçanga. E às vezes nem é um negrinho. Por exemplo: no bairro da Liberdade, em São Paulo, onde moram muitos japoneses, ele tem até sotaque japonês. Quem conhecem japoneses pode comprovar, na língua deles não existe a letra L, eles pronunciam R, conforme nos conta Dilair Aguiar. Na história contada por Flávio Paiva, ele – defensor do meio ambiente – aparece em brincadeiras infantis, cantando e rimando. Luís Manetti tentou pegar um Saci quando era criança e Paulo Pepe viu de perto as aprontações dele na roça. Rudá K. Andrade teve contato com um Saci aprontador no norte de Minas, o Sacy Fubá (com y mesmo). Por falar em fubá, quem não tem curiosidade sobre o que o Saci come? Pois no final tem o cardápio do Saci, segundo o pessoal da Sociedade dos Observadores de Saci (Sosaci), que por sinal receberá os direitos autorais do livro. Para completar o time de saciólogos no livro, não podiam faltar os sete ilustradores: Alberto R. Palmieri, Baptistão, Fraga, Lézio Júnior, Paffaro, Rômulo Coutinho e Tiago Hoisel.