EM DIA:

BEM VINDA(O) E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ROLA COM A CULTURA , ARTE E O ARTISTA NEGRO AQUI NESSE BLOG"

domingo, 5 de maio de 2013

UMA BOA DICA DE LEITURA: NEGROS HERÓIS - RONIEL FELIPE

Fonte: Carlos Romero

Jornalista lança livro-reportagem sobre a luta de ícones negros na Zumbi dos Palmares


O jornalista e fotógrafo Roniel Felipe lançou mês passado,  o livro-reportagem “Negros Heróis: histórias que não estão no gibi”, no auditório da Faculdade Zumbi dos Palmares, em São Paulo. Idealizada em 2007, a obra de jornalismo literário narra a luta pela igualdade social por meio da trajetória de dois personagens notáveis.
A primeira parte é dedicada à história da empregada doméstica e ativista mineira Laudelina de Campos Mello. Nascida em Poços de Caldas e filha de uma escrava doméstica, ela iniciou a luta pela sindicalização da classe em Santos e em São Paulo nos anos 30, antes de se mudar para Campinas, no início da década de 50. Na cidade interiorana, notória pelos imensos cafezais, Laudelina colidiu com a elite racista, recebendo a alcunha de  “O Terror das Patroas” ao defender domésticas e organizar ações como
piqueniques de mulheres negras em praças onde só brancos poderiam passar. Mesmo não concluindo o primário, Laudelina tinha como marca a astúcia para conquistar seus objetivos, tanto que não se intimidou diante de políticos como Orestes Quércia, Jarbas Passarinho e Juscelino Kubitschek,





A segunda parte da obra narra a trajetória de Antônio Carlos Santos Silva, o TC. Campineiro, ele deu os primeiros passos em um antigo cortiço do bairro Cambuí, antes de se mudar para o  bairro São Bernardo, também conhecido como Congo. Músico talentoso, na década de 70, durante a Ditadura Militar, integrou o Grupo Evolução, trupe de artistas operários que viajava o Brasil com espetáculos teatrais e discutia a situação do negro brasileiro. No fim da década de 90, TC passou a exercer o cargo de educador na Casa de Cultura da Vila Castelo Branco, bairro periférico famoso pela criminalidade. Com a mudança da Casa para um prédio abandonado na Vila Padre Manoel da Nóbrega, foi protagonista de uma intensa batalha política para que o governo não fechasse as portas do centro cultural, já batizada como Tainã. Em 2002, foi condecorado pelo então Presidente Luis Inácio Lula da Silva com o prêmio de Honra ao Mérito da Cultura.

 O exemplar custa R$ 25,00.


Os pedidos podem ser feitos pelo email contato@ronielfelipe.com.br ou pelo site www.ronielfelipe.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário