EM DIA:

BEM VINDA(O) E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ROLA COM A CULTURA , ARTE E O ARTISTA NEGRO AQUI NESSE BLOG"

domingo, 14 de julho de 2013

Mary Mwanyika-Sando: "Onde há vontade e empenho, há um caminho"

Fonte: Allafrica

Mary Mwanyika-Sando formou-se médica na Universidade de Dar es Salaam Muhimbili University College de Ciências da Saúde em 2004, na Tanzania . Ela trabalhou em uma clínica de HIV / Aids, em Dar es Salaam por 18 meses antes de estudar e assumir o tema Gestão e Desenvolvimento de Saúde

Mary Sando deu o seguinte depoimento ao portal AllAfrica:

" Eu fiz a minha formação médica na Universidade de Dar es Salaam e estava interessado em se tornar um ginecologista-obstetra, porque eu reconheci que as pessoas com maior necessidade de serviços de saúde são mulheres e crianças (...)

Eu percebi que os maus resultados não eram necessariamente ou primariamente devido a instalações inadequadas, mas talvez porque as mulheres vinham no final de sua gravidez. Ao invés de me dedicar a assistência ao paciente individual, eu decidi ser parte da solução para uma população maior, então eu entrei para a area de Gestão e Desenvolvimento de Saúde"

"Uma das coisas que eu aprendi é que, onde há vontade e empenho, há um caminho. Se as pessoas compartilham uma visão e estão comprometidas com ela, as coisas podem realmente mudar . Eu olho para as mulheres que realmente me inspiram como a presidenta Joyce Banda do Malawi que ele tomou para si mesma a decisão de melhorar a condição das mulheres. Eu acho que se todo mundo fala a mesma linguagem, as coisas vão realmente mudar com o tempo."


Mary Mwanyika médica da Tanzânia , trabalha na área da saúde materna e infantil na Tanzânia, e espera que, um dia, que estar grávida em um país em desenvolvimento não seja um risco, mas uma "celebração de bons resultados para a saúde da mulher e de seu filho. "

Mary lidera programas de saúde materna e infantil em Dar es Salaam, coordenando o tratamento anti-retroviral em dezenas de clínicas, como parte de uma campanha que se tornou um modelo para muitos outros países da África Subsaariana.

Uma chave para um futuro saudável para a África, Mwanyika-Sando diz, está envolvendo as mulheres e os próprios pacientes em seus atendimentos e tratamentos.

"Eu aprendi que quando uma mulher é educada sobre sua saúde e de sua família, há um efeito cascata, primeiro para os seus vizinhos, em seguida, à sua comunidade, até que todo o país está mais forte e saudável."

Mwanyika-Sando é um membro ativa de vários grupos técnicos de médicos que trabalham na Tanzânia e ela também atuou como secretário de publicidade para a Associação de Mulheres de Medicina da Tanzânia (MEWATA) 2007-2011, uma organização de campeã para campanhas de rastreio do cancro da mama na Tanzânia.

fonte: http://www.aspeninstitute.org/policy-work/global-health-development/our-breakthrough-solutions/new-voices-fellowship/fellows/mary

sábado, 13 de julho de 2013

Sejako Morejwane: "Se tens um sonho, deves ir atrás com coração, mente, corpo e alma"


Fonte: Sunday World

Sejako Morejwane trabalhou na área de mineração durante 7 anos, como Engenheira de Projetos , e de Sinterização. Estudou Engenharia mecânica na Universidade de Cape Town.

Sejako esteve envolvida em vários projetos de manuseio de pelotas na indústria de mineração. No decorrer destes projetos, ela percebeu que a qualidade dos seus desenhos apresentados eram muitas vezes subaproveitados.

Foi então que Sejako decidiu começar a sua própria empresa. SPM Projetos de Engenharia que foi registrada em março de 2012 como uma empresa que fornece soluções no campo de aço estrutural.

Em entrevista para o jornal da Africa do Sul , Sunday World, Sejako informou que montou a empresa com 100% de negros na Africa do Sul. Como uma empresa emergente, tem desafios constantes para comercializar o negócio corretamente, garantir, desenvolver plenamente o potencial e tornar um negócio viável.

Sejako deixou um conselho aos jovens que querem construir seus negócios:

"Se a meta parece inatingível, o sucesso que você ganha é limitado apenas pela sua imaginação e desejo.

Se você tem uma paixão por alguma coisa, você deve ir atrás com o seu coração, mente, corpo e alma."

Sejako tem um fundo de engenharia, mas tem vindo a entender que isso não é suficiente para ter sucesso no mundo dos negócios. Habilidades adicionais são necessárias para gerir uma empresa, principalmente de vendas, marketing e habilidades financeiras também são necessárias.

Embora Sejako acredita que a perseverança é fundamental para executar seu próprio negócio, ela também tem vindo a perceber que o empreendedorismo pode ser um caminho solitário e que, como o empreendedor, ela tem total responsabilidade pela direção e sucesso do negócio.


quinta-feira, 11 de julho de 2013

OSCAR DO SAMBAROCK - 20 DE JULHO


terça-feira, 9 de julho de 2013

JOAQUIM BARBOSA: NEM HERÓI , NEM VILÃO



Por Preta Jóia:

Reproduzi esse texto, porque achei coerente e imparcial, não condenou e nem absolveu Joaquim
Barbosa, como diz que não devemos achá-lo o salvador da pátria, por ter feito sua obrigação
e nem jogar todas as pedras nele, por ter cometido um erro comum, não só aos políticos como
a maioria dos brasileiros, que gostam de levar vantagem em tudo.
O episódio valeu para que todos coloquemos os pés no chão e vejamos as pessoas como seres
humanos normais comuns, e avaliarmos toda a situação, com calma , clareza e discernimento. 






Fonte: Metrô News

Bastou o nome do Presidente do Supremo Tribunal Federal aparecer na lista dos homens públicos que utilizaram indevidamente verba pública para desfrutar momentos de lazer, para que uma tempestade de impropérios  e expressões carregadas de inocência e desapontamento inundasse as redes sociais.
A exemplo do que já haviam feito os presidentes da Câmara e do Senado e o ministro da Previdência, os peemedebistas Henrique Eduardo Alves, Renan Calheiros e Garibaldi Alves, respectivamente, o ministro Joaquim Barbosa viajou no dia 2 de junho às custas de recursos da Corte para assistir ao jogo de futebol entre Brasil e Inglaterra , no Maracanã.
Acontece que com a mesma força que vieram os exagerados elogios por sua atuação durante o julgamento do mensalão, Barbosa agora sofre a retaliação.
O que foi correto? Elogiar demais e rotulá-lo como "salvador da pátria"?
Ou se dizer decepcionado pelo uso da verba pública para uma viagem particular?
Nem uma coisa, nem outra.
Nas duas ocasiões são necessárias boas doses de racionalismo. Independente de preferência partidária, o julgamento do mensalão foi transformado em um dramalhão, com direito a heróis e vilões.
Mesmo quem não gosta de política e não sabe ao menos por quais crimes Zé Dirceu e sua trupe foi acusada, vibrou quando eles foram condenados.
Isso talvez explique a exagerada elevação do ministro Barbosa à condição até , pasmem, de presidenciável.
O que precisa ser feito, neste caso e em tudo na vida, é analisar caso a caso com equilíbrio e sensatez.
Joaquim Barbosa apreciou provas e julgou o caso do mensalão com a técnica que sua função exige.
Apenas isso. Ele não é herói por isso.
E se errou ao usar dinheiro público para ir ao Maracanã, deve responder à sociedade e não é por isso
que virou um vilão.
O brasileiro precisa aprender que ninguém é totalmente bom e nem totalmente ruim



SER NEGRA: Simpósio de Reflexões sobre Negritude, Gênero e Raça

Fonte: SEPPIR

Está aberto o prazo – até o dia 26 de julho – para inscrições de propostas de Seções Temáticas de comunicação para o Simpósio de Reflexões sobre Negritude, Gênero e Raça do Instituto Federal de Brasília (IFB), que ocorrerá nos dias 18, 19 e 20 de novembro de 2013, dentro da II Semana de Reflexões sobre Negritude, Gênero e Raça (SERNEGRA) no IFB.
Site do SERNEGRA http://sernegra2013.blogspot.com.br/
Outras informações: http://www.ifb.edu.br/brasilia/noticias/5018-continuam-abertas-inscricoes-de-propostas-de-simposios-tematicos-para-ii-sernegra