EM DIA:

BEM VINDA(O) E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ROLA COM A CULTURA , ARTE E O ARTISTA NEGRO AQUI NESSE BLOG"

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Troféu Raça Negra 2013 : O “Oscar” negro do Brasil



 O Troféu Raça Negra, evento mais esperado pela comunidade negra, a cada ano se inova e em nove anos de existência comprova que existe um antes e um depois do Troféu. A cobiçada estatueta, que é entregue não só aos profissionais negros que se destacaram no ano, mas também à pessoas que contribuíram com iniciativas para tornar a sociedade brasileira mais plural, é um reconhecimento indispensável a práticas e posturas, que antes do advento do Troféu Raça Negra, muitas vezes passavam despercebidas.

Incluir o negro no contexto histórico dando a devida relevância à sua atuação, seja como ator, músico, jornalista e esportista, entre outros, é mostrar a capacidade de uma raça e dar motivação para que as futuras gerações tenham em quem se espelhar. O que explica o fato do Troféu Raça Negra ser um sucesso de público e de mídia. Um evento que representa o anseio de diversas pessoas que têm um objetivo em comum: o congraçamento da raça humana.

A cerimônia de premiação das estatuetas reúne pessoas negras e não negras que acreditam que um país só pode de fato crescer, se reconhecer as suas diferenças, mas acima de tudo trabalhar em busca da equidade entre as raças. Neste ano, quando o evento chega a sua 11ª edição, mais uma vez a ansiedade e a expectativa de todos se acentua. A cerimônia de entrega da décima primeira edição do Troféu Raça Negra, será realizada no dia 17 de novembro, no Memorial da América Latina, em São Paulo.


 Na 11ª edição e homenageia o cantor Emilio Santiago. O diretor musical Altay Veloso contará com “divas da MPB” para cantar os principais sucessos do cantor falecido em março. Mais de uma dezena de personalidades serão agraciadas com o troféu que já é um ícone da identidade afrobrasileira. A cerimônia acontecerá dia 17 de novembro, no Auditório Simon Bolivar, para mais de 1.000 convidados.





Para cantar Emílio grandes nomes femininos da música popular brasileira irão relembrar as canções que marcaram gerações. Margareth Menezes, Paula Lima, Fabiana Cozza, Leni Andrade, Daúde, Flávia Santana e Áurea Martins vão cantar a emoção daquele que deixou saudade.
As divas Margareth Menezes, Paula Lima, Fabiana Cozza não são estreantes nas festividades do Oscar da Comunidade Negra. Paula Lima marcou a edição de 2009 em homenagem ao Rei do Pop, Michael Jackson. Margareth Menezes e Fabiana Cozza brilharam na edição de 2010 que exaltou o ídolo Milton Nascimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário