EM DIA:

BEM VINDA(O) E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ROLA COM A CULTURA , ARTE E O ARTISTA NEGRO AQUI NESSE BLOG"

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

ED MOTTA : GRÁTIS - Tributo a Tim Maia no Parque da Juventude


Fonte: Guia da Semana

No dia 02 de fevereiro, domingo, o Parque da Juventude recebe a Banda Black Rio, em Tributo a Tim Maia, com a participação especial de Ed Motta. O show faz parte do Projeto Cultura Livre SP, iniciativa do Governo do Estado de São Paulo, que ocupa os parques da capital com atividades culturais gratuitas, sempre às sextas-feiras e domingos. 


Ao lado de Ed, sobrinho de Tim Maia, a big band, liderada por William Magalhães, coloca o público para cantar sucessos como “Rational Culture”, “Sossego”, “Bom Senso”, “Primavera”, “Descobridor dos 7 Mares” e “Que Beleza”.
A Black Rio, um caldeirão que mistura jazz, samba, soul e funk, foi fundada pelo saxofonista Oberdan Magalhães em 1976 e teve uma relação próxima com o sindico, chegou a participar, em 1978, do disco Tim Maia Disco Club. O grupo, que homenageia Tim, hoje é liderado por William Magalhães, filho de Oberdan, e possui cinco discos: Maria Fumaça, Gafieira Universal, Saci Pererê, Movimento, lançado na Inglaterra com o título Rebirth e Supernova Samba Funk. O último trabalho contou com a participação de nomes como Seu Jorge, César Camargo Mariano, Caetano Veloso, Elza Soares, Chico César, Mano Brown e Gilberto Gil.




INFORMAÇÕES DO EVENTO

  • Data: 2 de fevereiro de 2014
  • Horário: 14h
  • Preço: Grátis
  • Onde: Parque da Juventude
    Avenida Zaki Narchi, 1309 - Santana

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

CONCERTO DE HIP HOP NO SESC ITAQUERA

            Rosana Bronks


Fonte: Lau Francisco / Fotos Jonatas Mateus




CONCERTO HIP HOP leva atrações da Música Periférica Brasileira para o Sesc Itaquera.
 
Evento tem participações dos MCs e grupos de Hip Hop: Xis, Rosana Bronks, Stefanie
Roberta, Amanda NegraSim, Karol de Souza,Yzalú, Rashid, SNJ, Z’áfrica Brasil e Thaide.


Uma parceria musical e coletiva que tem o objetivo de apresentar o que há de melhor na Música Periférica Brasileira para fãs e simpatizantes do estilo. Esse é o objetivo do CONCERTO HIP HOP, show que reúne artistas que representam as cores, sons e a estética própria das periferias que tanto influenciam a cena cultural da atualidade. Artistas como Xis, Rosana Bronks, Stefanie Roberta, Amanda NegraSim, Karol de Souza,Yzalú, Rashid, SNJ, Z’áfrica Brasil e Thaide, sobem ao palco e para agitar o público da Zona Leste. 

O CONCERTO HIP HOP  acontece dia 23 de fevereiro de 2014, das 15h às 16h30, no Sesc Itaquera
(Avenida Fernando do Espírito Santo Alves de Matos, 1000 – Itaquera).



                                                                       Amanda Negra Sim

 
                                                                                Yzalú



O grande diferencial deste show é justamente o caráter de concerto: uma banda fixa acompanhará as performances de todos os artistas que se apresentarão em sequência, tocando seus grandes sucessos e novas músicas. “Sempre quis juntar os grupos e MCs em um único show. Vi que isto era possível, sem que ficasse parecido com vários shows, depois que realizamos o projeto Divas do Hip Hop, também no Sesc Itaquera, com a banda segurando toda a musicalidade”, explica
Daniela Reigadas, idealizadora do projeto. 

A banda de acompanhamento, exclusivamente formada por mulheres, traz Gabi Gonzalez (guitarra e arranjos), Gê Ruiz (baixo), Bianca Predieri (bateria), Sisa Medeira (percussão), Deise Rosa (teclado), Kelly Versão (2º voz), Sintia Piccin (saxofone), Caroll Ramgél (trombone) e Leticia Albuquerque (trompete). A banda vai executar as canções sempre acompanhadas pelos DJs de cada artista.
Novas músicas e homenagem marcam o concerto.
                                                                        Z`Africa Brasil


Durante o CONCERTO HIP HOP Funk Buia, um dos integrantes do grupo Z’africa Brasil, apresentará “Fuzuê – verdadeiro tem que ser”, que integra seu novo disco. junto com Sombra do SNJ e parceiro na composição. Amanda NegraSim, na caminhada por novas sonoridades e experimentações, traz seu novo single, “Rosas”. Stefanie Roberta canta “Mulher MC”, letra fala de todas as profissões
que ela poderia ser, mas escolheu ser MC. Karol de Souza conta um pouco de sua caminhada na cena da música em “No caminho do Bem”. O rapper Xis canta “Só por você”, com um sampler de “Menina mulher da pele preta”, de Jorge Ben Jor. Já Rashid vai tocar “Quero ver segurar”, unindo Gangues, Faroeste e Hip Hop no mesmo caldeirão. 

Em “Num role com Rosana Bronks”, os rappers cantam a música que marcou seu álbum de estréia. O SNJ comemora 20 anos de estrada com “Origens”, do novo EP de quatro faixas. O Z’áfrica Brasil brinda o público com “O Rap é Grande”, integrante do seu próximo disco intitulado “Ritual 1 – A Vida Segundo os Elementos do Hip-Hop”. Stefanie, Amanda NegraSim, Karol de Souza e Yzalú fazem uma homenagem ao mito Sabotage cantando “Cabeça de Nego”, música que foi regravada e se tornou um vídeo clipe de Yzalú. E para fechar o concerto, Thaíde interpreta o grande clássico “Sr. Tempo Bom”. Além destas canções, os artistas apresentarão outros músicas de seus repertórios. 

SNJ

Show CONCERTO HIP HOP 
 Dia: 23 de fevereiro de 2014
Horário: das 15h às 16h30
Local: Sesc Itaquera - Avenida Fernando do Espírito Santo Alves de Matos, 1000
– Itaquera – Palco da Orquestra Mágica
Preço: Até R$ 7,00
Estacionamento: R$ 7,00
Censura Livre

OS CRESPOS: CARTAS Á MADAME SATÃ

 Fonte: Lau Francisco 



Cia. Os Crespos constroi dramaturgia de espetáculo a partir de cartas enviadas por homens negros.






Peça discute homoafetividade e tem título provisório de “Carta a Madame Satã ou eu me desespero sem notícias suas”.
Dando continuidade ao projeto “Dos desmanches aos sonhos – Poética em Legítima Defesa”, trabalho que dá prosseguimento a um processo de pesquisa sobre afetividade de mulheres e homens negros, a Cia. Os Crespos lança uma campanha para a construção dramatúrgica de um espetáculo que discute a homoafetividade entre homens negros com título provisório de “Carta a Madame Satã ou eu me desespero sem notícias suas”. 

Nesta ação, os Crespos recebem cartas de pessoas interessadas em contar suas histórias  de vida, homens negros que queiram dar depoimentos sobre seus sentimentos em relação ao mundo a partir de sua experiência homoafetiva. Os interessados podem mandar suas cartas até o dia 06 de fevereiro de 2014 para oscrespos@gmail.com com o assunto “Cartas à Madame Satã”. 

O espetáculo contará com a direção de Eugênio de Lima, Co-direção de Lucélia Sergio, dramaturgia de José Fernando de Azevedo e interpretação de Sidney Santiago Kuanza, com colaborações em vídeo dos atores Vitor Bassi e Luis Navarro. A estreia está prevista para abril de 2014.




      Na foto: o ator Sidney Santiago Kuanza e a atriz Lucélia Sérgio co-diretora do espetáculo 



O texto discute a homoafetividade de homens negros, sua sexualidade diante dos estereótipos sexuais de virilidade que cerceiam sua experiência afetiva. Temas como identidade, alteridade, reclusão e marginalidade serão relacionados com o racismo em enredo ficcional. 
 
O objetivo é criar uma obra teatral a partir da pesquisa sobre a experiência da homoafetividade negra no Brasil, e o legado do mítico Madame Satã, que, no espetáculo, será o destinatário no qual as cartas de amor serão remetidas.

Os Crespos estão em pleno processo de pesquisa neste momento. Além das cartas que serão recebidas, o grupo também realiza entrevistas coletivas com homens negros, além de individuais e pesquisas de campo nas ruas de São Paulo, casas noturnas, presídios e pontos de encontro do público GLBT. 

Quem são Os Crespos “Os Crespos” é um coletivo teatral de pesquisa cênica áudio-visual, debates e
intervenções públicas, composto por atores negros. Formou-se na Escola de Arte Dramática EAD/ECA/USP e está em atividade desde 2005. Em 2006 estreou com o espetáculo “Anjo Negro”, com direção do alemão Frank Castorf; em 2007 volta ao palco com “Ensaio sobre Carolina”; em 2009 e 2010 apresentou o projeto “A construção da imagem e a imagem construída”; em 2011 estreou “Além do Ponto”, com direção de José Fernando de Azevedo.

“Carta a Madame Satã ou eu me desespero sem notícias suas”
Projeto: “Dos desmanches aos sonhos – Poética em Legítima Defesa”
Idealização: Os Crespos
Período do recebimento de cartas: até 06 de fevereiro de 2014
Email para cartas e informações: oscrespos@gmail.com